O que é TCC – Terapia Cognitivo-Comportamental?

Atualizado: 1 de Out de 2019


Pode ser que você ache que todos os psicólogos fazem a mesma coisa. Você está certo. Todos buscam auxiliar o paciente a ter melhor qualidade de vida, reduzindo sofrimento e mal estar.

Porém, nem todos seguem os mesmos referenciais teóricos, ferramentas e técnicas.

As linhas de abordagem conhecidas como TCC (terapia cognitivo comportamental) mantêm pressupostos comuns.

- São baseadas em pesquisas controladas de natureza experimental e científica da Psicologia e em disciplinas associadas, como a neurociência; - reconhecem a importância do envolvimento ativo do paciente na modificação de seu comportamento;

- Reconhecem a cognição como fundamental para o entendimento das emoções e do comportamento, ou seja, o que passa na nossa cabeça em momentos que envolvem experiências emocionais e tomadas de decisão é importante para a compreensão dessas vivências;

- Admitem que a cognição pode ser monitorada, ou seja, mediante orientação terapêutica, podemos ter acesso a informações significativas sobre o que se passa em nossa cabeça;

- Admitem a possibilidade de modificação cognitiva da maneira com que respondemos aos eventos a nosso redor, a partir do entendimento de nossas reações emocionais e comportamentais, assim como pelo uso sistemático de estratégias terapêuticas.

Podemos dizer que a meta maior da terapia é modificar as crenças centrais disfuncionais e podem acabar organizando a vida do sujeito, sem que talvez ele consiga perceber exatamente o que está acontecendo.


Gostou desse artigo?

Texto elaborado por Márcia Verônica de Paiva Machado, Psicóloga formada pela PUC-Rio (CRP 05/35863).

Idealizadora da TREC RJ.

Terapeuta Certificada pelo Instituto Albert Ellis em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Atende em consultório particular, com sessões baseadas em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Faça contato e agende uma consulta.



0 visualização

©2019 por TREC RJ.