Organize sua rotina - Especial Coronavírus

Os dias estão passando e você ainda não organizou sua rotina?

Neste artigo vou de dar uma proposta de rotina baseada em 16 passos práticas.


Antes de dar as dicas, vou te fazer uma pergunta: você sabe pra que serve a rotina?

A gente ouve muito que tem que ter rotina, que tem que seguir a rotina. De modo simples, a rotina é importante para organizar. Nossa vida, nossa cabeça, nosso tempo. Ajuda a criar hábitos saudáveis. Ajuda a aumentar as chances de realizarmos tudo com que nos comprometemos fazer.

Permite que alcancemos um objetivo de longo prazo. E principalmente, nos dias atuais, ajuda a proteger nossa saúde mental. Sem dúvida, vale a pena organizar e seguir uma rotina, não é mesmo? Mas para a maior parte das pessoas é difícil, às vezes parece quase impossível. Vamos a algumas dicas, então, que podem ser praticadas durante todos os dias, mas são adaptadas para momentos em que não temos opção.

1) Tenha claro que seguir ou não a rotina é uma questão de escolha. Sua escolha.

2) Respeite seu sono. Estabeleça hora para dormir e acordar. Mesmo que você esteja trabalhando em casa, pelo menos, o tempo de locomoção ao trabalho, você ganhou e pode dormir um pouco mais.

3) Comece seu dia cuidando da sua higiene e medicações. Não é porque você está em casa que pode relaxar neste quesito. Banho completo, escove os dentes, cuide do seu corpo.

4) Acorde seu corpo! Dedique em torno de 30 minutos do dia para isso. Pode ser alguma atividade física, como dançar, praticar uma série de exercício ou alongamento. Mexa-se! O sedentarismo é uma questão importante que também deve ser combatida nos dias de hoje.

5) Deseje bom dia para alguém fora da sua casa! Principalmente se você tem pessoas idosas isoladas, não as deixe sem contato afetivo. Mantenha contato com pessoas que você gosta. Evite falar da crise. A vida é mais que isso.


6) Informe-se. Estabeleça que você vai se dedicar a esta atividade por 30 minutos, no máximo! Apesar de as notícias estarem sendo atualizadas a cada minuto, chega uma hora que fica repetitivo, além de ser um convite para pensarmos em catástrofes. Deixe para se informar sobre o status das crises – sim... no plural – depois que fizer os passos 2, 3, 4 e 5.

7) Vista-se para o dia. Escolha a roupa que você passará o dia. Escolha peças que você vai gostar de ser ver quando passar por um espelho em casa ou que você não tem problemas que os outros te vejam se acontecer uma chamada de vídeo. Apesar de ter uns lindos, pijama não vale!

8) As próximas horas dedique-se ao que é relevante para o dia de hoje se está trabalhando em casa, quais são as prioridades do seu trabalho? O que no final do dia você precisará ter cumprido? Foque nelas. Está de licença? Faça o que você julgou relevante para o dia de hoje.

9) Está na hora do almoço. Sente à mesa, desligue os aparelhos eletrônicos e almoce em família. Aproveitem para conversar. Não imagine que por estarem todos juntos, você sabem o que está acontecendo com todos na sua casa. Troquem informações, conectem-se! Se tiver que desligar o wifi, desligue!!!

10) Antes de voltar para as atividades, tira uma breve pausa. O sonho da maior parte dos trabalhadores é ter um tempinho depois do almoço para descansar... aproveite! Engaje num jogo que agrade a todos, conte histórias, atividades lúdicas, de lazer. Talvez há tempos que você não se divirta em casa e encontrar diversão por si só pode parecer um desafio. Mas pense... você tinha algum hobby quando mais novo? conte para seus familiares. Troque experiências.


11) Quarentena não é férias. Estabeleça um horário para voltar a trabalhar ou voltar a focar no projeto ou nas atividades que você definiu para o dia de hoje.

12) Tome um cafezinho... pausas são vitais! Já estamos num período difícil, vamos ser generosos com a gente... uma pausa é importante.

13) Acabaram as tarefas? Planeje o dia de amanhã. Organize, considerando o que deu certo e o que não deu. O que é prioridade para amanhã. Mantenha aproximadamente os mesmos horários de refeição e sono para o dia seguinte. A rotina fisiológica é importante.

14) Acabaram as tarefas? Então agora... busque novas informações sobre as crises. Manter-se informado é saudável. Não é saudável ficar se inundando de informação. Aceite que os dados mudam a cada minuto e amanhã você irá ter as novas informações. Escolha um noticiário como a sua fonte de informação e só.

15) Deseje boa noite para alguém fora da sua casa! Principalmente se você tem pessoas idosas isoladas, ligue para saber como elas se sentiram hoje, o que fizeram em casa. Verifique se está faltando algo. Mantenha contato com pessoas que você gosta. Evite falar da crise. A vida é mais que isso.

16) Acabou sua lista para o dia? Então... agora abuse de diversão!!! Abuse mesmo!!! Qualquer minuto de alegria e diversão é vital!

IMPORTANTE:

Para que esta sugestão de rotina funcione e seja possível, planeje sua alimentação com horários previamente definidos. É possível que você já tenha feito compras para as próximas semanas. Se você gostar de cozinhar e tiver tempo, pode dedicar diariamente um tempo do seu dia para esta atividade. Se não, procure algum vídeo no youtube que ensine a preparar marmitas para a semana, e já deixe tudo prontinho. Mas, não deixe de planejar previamente. É importante para evitar episódios de compulsão alimentar neste período de dispensa cheia e total acesso aos alimentos durante todo o dia.

Aproveite da melhor forma possível esses dias! Vamos ajudar outras pessoas?


Gostou desse artigo?

Texto desenvolvido por Márcia Verônica de Paiva Machado, Psicóloga formada pela PUC-Rio (CRP 05/35863).

Terapeuta Certificada pelo Instituto Albert Ellis em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Atende em consultório particular, com sessões baseadas em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Faça contato e agende uma consulta.

0 visualização
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

©2019 por TREC RJ.