Porque buscar ajuda profissional?

Atualizado: 1 de Out de 2019

Você já tentou de tudo... Conversou com amigos... refletiu sobre a vida... fez promessa... mas mesmo assim ainda sente que precisa mudar. Quem nunca passou pela sensação de não ser compreendido ou simplesmente não conseguir enxergar a solução de um problema?

Foi-se o tempo em que buscar tratamento psicológico era visto como ‘coisa de maluco’.

A Psicologia Clínica está aí para te ajudar. Mas ajudar em que, se nem eu sei o que tenho? – você pode estar se questionando.

Nos primeiros encontros, o profissional e você se conhecerão. É neste momento em que você inicia a apresentação do seu motivo. Através da conversa, o profissional irá entender o que te levou até lá, o porquê você está sofrendo ou simplesmente o porquê você está buscando por mudanças.

Podemos afirmar que o papel do psicólogo, basicamente, é apoiar seu cliente a conquistar melhor qualidade de vida através de melhores relações com o outro, com o mundo e consigo mesmo.

Há um comprometimento do profissional com o bom andamento das sessões. A maior realização deste se dá através da conquista do objetivo do seu cliente.

O atendimento clínico é bastante democrático, tendo como público-alvo qualquer pessoa que se predisponha a buscar melhorias na sua vida. Sim, o tratamento passa – e muito – pelo querer do cliente. É sua dedicação que fará a diferença no alcance do resultado. O terapeuta é apenas um facilitador do processo de autodescoberta.

Não há mal algum, ou quiçá fraqueza, em reconhecermos que às vezes precisamos de apoio e orientação especializada para nossas conquistas. Alguém que não faça críticas, julgamentos e nos apoie. Apesar de alguns pensarem que ‘tenho amigos para isso’, só um profissional pode lançar mão de técnicas e ferramentas para apoia-lo nesta caminhada.

A relação é estabelecida de forma ética, sigilosa e imparcial. O elemento principal neste processo é o cliente, é ele quem traz a questão, entende sua situação, se propõe a mudanças e desenvolve novas habilidades para lidar com suas questões fora do consultório.

A profissão foi regulamentada no Brasil em 27 de agosto de 1962 e desde então vem crescendo, se fortalecendo e transformando para melhor a vida de milhares de pessoas!

Atendimento em Psicoterapia

Gostou desse artigo?

Texto elaborado por Márcia Verônica de Paiva Machado, Psicóloga formada pela PUC-Rio (CRP 05/35863).

Idealizadora da TREC RJ.

Terapeuta Certificada pelo Instituto Albert Ellis em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Atende em consultório particular, com sessões baseadas em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Faça contato e agende uma consulta.


45 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
 
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

©2019 por TREC RJ.