Você acredita em soluções mágicas?

Atualizado: Abr 8


Vou te dar uma dica matadora pra você ter resolver todas as suas questões emocionais agora! Só que não... Hoje vamos falar sobre como sobreviver num mundo inundado de soluções mágicas, que simplesmente não são mágicas e que ainda podem estar te atrapalhando e reforçando traços perfeccioistas. Se você acompanha esse a TREC RJ desde o início ou se você está chegando agora, vai perceber que ofereço poucas ou quase nenhuma solução prática. Faça isso, faça aquilo, que você vai conseguir isso ou 1 semana, em 30 dias. Coisas que estamos super acostumados a ver por aqui no Youtube. Por que isso? Porque como profissionais da área de saúde mental, sabemos que não é assim que a coisa funciona. Quem dera para resolver nossos problemas fosse apenas aplicar um passo a passo, que serviu pra um serve para todos. Se eu consegui, você consegue, Esse tema é um tema que eu amo do ponto de vista pessoal. Foi até um dos motivos que mais me fez enfrentar minhas crenças de perfeição, minhas questões com exposição e tentar ser uma voz diferente na multidão. Sei que têm diversos canais que também vão nessa linha. O que é maravilhoso! Há esperança! Vivemos numa sociedade que nos dita padrões rígidos, que nos incentiva de todas as formas possíveis para alcançarmos, não nos dá as ferramentas corretas, nos entope de passo a passos mágicos e depois nos julga impiedosamente caso não os atinjamos. Logo em seguida, surge um novo passo a passo para você que não conseguiu. Se você não conseguiu, agora você tem uma nova oportunidade! E se não der certo, a culpa é sua que não aplicou direito. O que eu reparo como consumiqdora dessa sociedade é que estamos adoecendo cada vez mais, por buscarmos padrões de perfeição, de termos crenças de que devemos ser aceitos, de que devemos melhorar nosso valor como pessoa, nosso índice pessoal. Nós psicólogos, sabemos que existe uma enxurrada de soluções práticas que funcionam. Sim!!! Não são inúteis de forma alguma! São muito eficazes em muitos casos e ajudam pessoas a transformarem suas vidas! Mas e naqueles casos em que você já comprou todos os best sellers de gestão da rotina, já se inscreveu em todos os cursos de produtividade pessoal e afins e mesmo assim, você não consegue ter a renda dos seus sonhos ou o equilíbrio na sua vida? Tem um livro que já me gerou alguns pacientes. Sou grata por isso. Mas estamos vendo pessoas que buscarem terapia porque não conseguem aplicar o que está no primeiro capítulo de um livro que todos compraram e obviamente todos já aplicaram, menos a pessoa. Quem me conhece pessoalmente, sabe o quanto eu tenho uma queda forte por coisas práticas, processos, rotina. Não passo um dia sem fazer um fluxo e uma setinha. Seria hipócrita da minha parte dizer que isso não ajuda. Mas a técnica prática por si só não funciona em alguns casos, – pra não dizer, na maioria deles. Existem fatores cognitivos e emocionais agindo fortemente para essas pessoas não conseguirem ter os resultados. Só uma coisa: não estou falando das muito conhecidas crenças limitantes, crenças negativas. Pessoas são únicas e complexas. O que vale pra um, talvez não valha pra outro. Podemos ter respostas diferentes em pessoas que apresentam um ou outro diagnóstico clínico, ou até mesmo quem não apresenta nenhum diagnóstico. O que quero dizer é que nada é garantia de nada. Inclusive as dicas que dou aqui. Duro dizer isso, por isso que em todo vídeo reforço a importância de buscar um acompanhamento de um profissional da área de saúde mental para entender de forma o mais isenta possível o seu caso e trabalhar com o que pode ser mais efetivo para você. Em resumo, a mensagem que pretendo passar é que não existem soluções mágicas, não existem soluções perfeitas. Não crie demandas de realização, de produção, de qualidade, de perfeição que vão te fazer sofrer emocionalmente. Amanhã inicio no Youtube uma série de 5 videos sobre perfeccionismo. bit.ly/trecrjyoutube Este é um tema muito sensível para mim, como pessoa. Não posso dizer que já alcancei a perfeição na forma de lidar com isso – até porque não existe um jeito correto -, mas considero a forma como lido hoje muito mais leve. Lidar de forma leve, não significa que não haja esforço pessoal, não significa que não tenha falhas e ter que fazer escolhas de novas rotas ao longo do caminho. Também não significa que não existam frustrações. Existem e muito! Mas cuidado para não trazer para você a responsabilidade excessiva de coisas que podem sofrer influências de muitas variáveis, de coisas que até nem eu nem você saberíamos dizer quais. Concentre sua energia em fazer o melhor que você pode, no agora. Siga passo-a-passos, mas saiba que não são mágicos. Por lógica, passo-a-passos são falhos. Nada é perfeito. Se der errado, uma pena. Escolha outro e tente outra vez. Vamos aproveitar esses dias da melhor maneira possível!

Gostou desse artigo?

Texto desenvolvido por Márcia Verônica de Paiva Machado, Psicóloga formada pela PUC-Rio (CRP 05/35863).

Terapeuta Certificada pelo Instituto Albert Ellis em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Atende em consultório particular, com sessões baseadas em Terapia Racional-Emotiva Comportamental.

Faça contato e agende uma consulta.

31 visualizações

©2019 por TREC RJ.